Confesso que tenho um pouco de receio ao escolher uma série que não seja de uma produção americana, britânica ou brasileira. Sim, me julguem. Mas ultimamente tenho me surpreendido com excelentes séries como A Casa de Papel (Espanha) e a A Louva-a-Deus (França) – que devo falar algo em outra ocasião.

Mas antes de escolher Kingdom acabei me deparando com críticas bem positivas no Twitter e em alguns sites especializados. E também pesou o fato da minha esposa ter adorado Mr. Sunshine – Um Raio de Sol, outra produção sul-coreana na Netflix.

Trailer da primeira temporada de Kingdom

Os zumbis são apenas um tempero a mais em Kingdom

A série se inicia com rumores preocupantes sobre a saúde do Rei, que gera uma certa preocupação no mimado príncipe herdeiro Lee Chang (Ji-Hoon Ju), levando-o a iniciar uma investigação que começará a desvendar uma trama sombria dentro da Família Real.

O primeiro episódio é um pouco lento, pois é onde toda a trama começa a se desenrolar e onde os protagonistas (e antagonistas) são apresentados. Mas no final do capítulo de estréia aparece o ingrediente que irá prender sua atenção na trama: os zumbis.

O interessante é notar a evolução do príncipe Lee Chang, de um mimado garotinho de palácio a um determinado líder injustiçado (apesar de ser uma evolução um tanto rápida demais), que deverá lidar com as estranhas criaturas ao mesmo tempo que precisa trazer à tona a conspiração por trás da misteriosa doença de seu pai.

Conheça os zumbis coreanos

Os zumbis de Kingdom são velozes e incansáveis

Os zumbis lembram muito as criaturas da série Z-Nation, onde a contaminação é rápida e os zumbis correm à toda velocidade, tornando a praga difícil de ser encarada.

Apesar disso, há algumas peculiaridades que diferem os zumbis de Kingdom das séries clássicas (como The Walking Dead) e que torna interessante assistir os episódios para entender a “dinâmica” dessas criaturas.

Alguns fatos sobre Kingdom

Imagem do manhwa Land of the Gods e a autora Kim Eun-hee

Kingdom é baseada nos quadrinhos coreanos Kingdom (Land) of the Gods, de Kim Eun-hee – que também é responsável pelo roteiro da série.

O manhwa será lançado no mercado americano pela Viz Media em maio deste ano. É possível comprar pela pré-venda através da Amazon clicando na imagem abaixo:

Finalizando para você assistir a Kingdom

A série é bem curta com 6 episódios por temporada, o que torna a trama bem intensa e cativante que fará você assistir a todos os episódios de uma só vez. O lado ruim é que você fica com aquela vontade de querer mais episódios.

Outro destaque da série é a presença da atriz Doona Bae, que você deve conhecê-la de Sense 8 (entre outras produções hollywoodianas).

A segunda temporada já está disponível e é uma ótima oportunidade para conhecer Kingdom.

Trailer da segunda temporada de Kingdom

Agora é a sua vez. Diz aí nos comentários o que achou desta série.